A BATISTA GOMES tem fortes motivos para ser a eleita como parceira para o fornecimento de Soluções em ferragens para os projetos e empreendimentos de todo o tipo de edifícios e moradias.

A BATISTA GOMES desenvolve a sua actividade desde 1991, afirmando-se como uma das empresas de referência no seu sector de actividade. Como especialistas em ferragens, disponibiliza uma vasta gama de ferragens para construção e mobiliário.

Materiais / Acabamentos

Breves características e informações sobre aplicação, manutenção e conservação de ferragens

Ferragens em aço Inox

Por regra, nas nossas ferragens em aço Inox é utilizado o Inox AISI 304. Algumas das peças poderão também ser fornecidas em Inox AISI 316.
O acabamento predominante é em Inox Satinado (escovado), podendo por consulta, alguns modelos serem fornecidos em Inox Polido.

 

A liga de aço inoxidável AISI 304 (também designada por Inox 18.8), pela sua constituição - Liga Aço Cromo Níquel - é a que mais se adapta ao fabrico de ferragens para a construção e mobiliário, pois para além das suas características anti-corrosivas e assépticas apresenta também uma superior resistência mecânica.

 

A liga designada por AISI 316, apresenta uma resistência superior, sendo utilizada em situações específicas quando a aplicação é efectuada em locais com condições extremamente adversas.
A liga de Inox AISI 430, também utilizada no fabrico de algumas ferragens (não incluídas neste catálogo) contém composição ferrítica, pelo que a sua aplicação deve ter em conta esse facto.

 

Não obstante a superior resistência do aço Inox AISI 304 e 316, para que a peça se mantenha com uma aparência atraente é de todo o interesse que se observem os seguintes cuidados:

 

- Devem-se aplicar as ferragens depois de finalizada a obra, nomeadamente depois das pinturas e do tratamento / envernizamento das madeiras.

 

- Não devem ser utilizadas substâncias ácidas ou que contenham solventes na limpeza dos pisos ou em outras partes da construção, após a aplicação da ferragem, pois a vaporização destes produtos pode provocar danos.

 

- Para limpeza não deve utilizar em caso algum, esponjas de aço ou lã de vidro pois podem depositar resíduos que formarão posteriormente pontos de corrosão.

 

- Utilize panos ou esponjas de nylon humedecidas com água. Limpe depois com um pano seco e macio.


- A superfície dos artigos em aço Inox 304 ou 316 é susceptível de ser atacada, levando ao eventual aparecimento de “manchas vermelhas / castanhas” se frequentemente submetida a agentes químicos, ar marinho, chuvas ácidas ou outros agentes externos. Estas manchas deverão ser evitadas com os cuidados na aplicação e com a manutenção / limpeza regular.

 

- Em situações em que se verifique a necessidade de uma limpeza mais profunda utilizar produtos adequados.
Nestes casos agradecemos a vossa consulta pois disponibilizamos produtos para limpeza, manutenção, reparação e protecção do Inox. 

 

Ferragens em Latão, Alumínio ou Zamac

Para protecção contra a corrosão, a maioria dos acabamentos destas peças são revestidas com uma camada protectora de verniz ou laca aplicadas por processos electroforéticos, concedendo-lhes uma elevada resistência à abrasão e ao nevoeiro salino.
Para manter a aparência inicial é extremamente importante que não se danifique a camada protectora, pelo que, devem-se observar os seguintes cuidados:

 

- Devem-se aplicar as ferragens depois de finalizada a obra, nomeadamente depois das pinturas e do tratamento/ envernizamento das madeiras. Os produtos químicos para retirar marcas de tinta ou verniz não devem de forma alguma ser utilizados pois danificam a camada protectora provocando a rápida oxidação da peça.

 

- Não devem ser utilizadas substâncias ácidas ou que contenham solventes na limpeza dos pisos ou em outras partes da construção, pois a simples vaporização dos mesmos pode provocar danos na camada protectora.

 

- Para limpeza deve utilizar apenas panos macios e secos ou levemente humedecidos em água limpa.

Sentido de abertura portas

Definição sentido de abertura de portas e janelas

Para aplicação de alguns modelos de dobradiças/fechaduras existe a necessidade de se definir previamente, em função do movimento de abertura da porta ou janela se as dobradiças/fechaduras a aplicar são DIREITAS (D) ou ESQUERDAS (E), pelo que, deve-se ter em atenção os dois esquemas abaixo indicados.

 

A maioria dos modelos das nossas fechaduras, são reversíveis ou ambidextras, adaptando-se a portas Direitas ou Esquerdas.
Estes modelos encontram-se assinalados.

 

Definição Tradicional: A utilizada normalmente no mercado português. Define-se tendo em atenção o movimento de abertura, ao empurrar a porta, ou no sentido dos ponteiros do relógio consideram-se Direitas e no sentido contrário aos ponteiros do relógio Esquerdas.

 

Definição pelas Normas EN 1935 / EN 12519 / DIN 107: Estas normas definem que as portas ou janelas com abertura no sentido horário são Esquerdas e no sentido anti-horário são Direitas ou consoante o lado em que, respectivamente, estão colocadas as dobradiças, tendo em consideração o movimento de abertura ao puxar a porta.

 

Tendo em consideração a definição estabelecida no mercado pelos diversos agentes do sector, na generalidade das nossas dobradiças utiliza-se a definição TRADICIONAL.
Nos modelos em que se aplicam as normas EN 1935 / EN 12519 / DIN 107, os mesmos encontram-se especificamente indicados.

Fechaduras e Cilindros - Classificação / Normas

A classificação / normas ajuda a determinar o tipo de produto em função do local, aplicação e sua utilização.

Classificação de fechaduras segundo a norma EN12209 e norma DIN 18251-1

Terminologia do cilindro / Norma: EN 1303.2005:

Sistemas de amestragem. Vários exemplos:

 

 

Molas para portas

Informação técnica de Molas para portas

No pdf encontra a informação relativa às normas EN1154, EN155, EN1158.

Poderá consultar informação técnica para facilitar a escolha de uma mola de porta.

Calculadora Peso de Portas de Mobiliário
Calculadora Peso de Portas de Mobiliário 0

Esta ferramenta permite calcular o peso das portas para mobiliário maciças em função da sua dimensão e material.

Antipânicos / Saídas de Emergência

Informação técnica de sistemas antipânico e saídas de emergência

No pdf encontra a informação técnica relativa a sistemas antipânico e saídas de emergência.